CCT Encerradas Negociações – Sinpro SP / Saaesp x Sieeesp

Escrito por em 7 de junho de 2018 Categorias:

Prezados Clientes,

Após a proposta do desembargador Fernando Álvaro Pinheiro do TRT em audiência realizada nesta última terça dia 05, na tentativa de encerrar as negociações da Convenção Coletiva, onde o mesmo classificou como uma “cláusula de paz” apresentou as partes a seguinte proposta:

  1. Reajuste salarial de 2,14%, a incidir a partir do dia 01.03.2018;
  2. Pagamento de PLR de 15% do salário bruto em Outubro/18;
  3. As escolas que deixarem de cumprir o pagamento do PLR deverão aplicar o reajuste de 3,39%;
  4. Manutenção das demais cláusulas da CCT anterior;
  5. Vigência das condições estabelecidas até 28.02.2019;
  6. Não haverá desconto dos dias parados aos professores/auxiliares, mediante reposição das aulas (professores) e compensação dos dias não trabalhados (auxiliares);
  7. Compromisso entre as partes de tão logo resolvido o impasse iniciar o processo de negociação para a próxima CCT.

Apresentada a proposta para os Sindicatos das Escolas e dos Professores, em Assembléia realizada ontem 06 de junho, a decisão foi unânime pela aprovação e a nova proposta foi aceita e as negociações foram dadas como encerradas.

Em relação à incidência do reajuste salarial que ocorrerá a partir de 01 de março, temos o seguinte:

Situação 1 – para a escola que não fez nenhum reajuste, os meses anteriores contados a partir de março, as diferenças deverão ser pagas na próxima folha de pagamento de junho/18, aplicando o índice de reajuste de 2,14%;

Obs.: poderá também aplicar o reajuste de 3,39% que desta forma incluirá o pagamento de 15% do PLR.

Situação 2 – para as escolas que reajustaram no índice de 2,14%, não existem diferenças a ser pagas;

Obs.: poderá também aplicar a diferença de 1,25% desde março/18, que estará incluindo a parcela do PLR de 15%.

Situação 3 – para as escolas que reajustaram com índice superior a 2,14% nenhuma diferença deverá ser paga a titulo de salário, porém se o índice for igual ou superior à 3,39% poderá considerar a inclusão do PLR, sem a incidência do pagamento em Outubro/18.

Em breve, publicaremos no nosso site os novos pisos salariais bem como a íntegra da Convenção Coletiva do Trabalho/18 dos trabalhadores representado pelos Sindicatos Profissionais (SINPRO/SAAESP).

Comentários estão fechados.